21 de abr de 2010

Uma linda história de amor. Com um final cruel..

Quando eu era criança, sempre
sonhava com meu grande amor,
como seria, se corresponderia
meu amor, ou somente eu
amaria.
Quando ele apareceu fiz charme,
fingindo não querer aquele beijo.
Mas lá no fundo era o que sempre
Desejei.

O tempo foi passando

e nosso amor cada dia foi
ficando mais forte,  ele
era um encanto de rapaz,
jurava me amar.
Diariamente iamos ver o
por do Sol, as estrelhas
Eramos felizes.
Com no dia que nos
conhecemos e trocamos
o primeiro beijo.


Caminhavamos alegremente pelas ruas

apaixonados e sorriamos feito duas crianças,
encantavamos por onde passavamos!
Sempre deixando a alegria no ar.


Ele me presenteava

com belos ramos de FLORES.
Nosso amor era puro e sincero...




Nos beijavamos ardentemente.

Eramos duas pessoas numa só.


Ele sempre gentil, calanteador,

conquistava por onde passava.
Adoravamos ver o por do Sol, nossa
quantas vezes conversamos sobre
o nosso futuro, nossos planos tudo
era motivo para admirar a natureza.




Certo dia a campainha toca
Atendo e uma triste noticia
veio ao meu encontro.
Ele partira para nunca
mais voltar, para onde foi
nunca soube, dizer,
mas fiquei com as belas
lembranças daquele
amor lindo que vivemos.



Todos os dias pegava umas rosas
e ficava a beira do riacho na
Esperança dele voltar.


Certo dia encontrei uma rosa perdida

tanto quanto eu em meus sentimentos
Olhei pro lado, pensei, se ela pode
resistir eu também posso , porém já
Era tarde demais para mim........



Eu já estava velha, desnutrida e
sem força para lutar.
O que foi feito de tanto amor, ele
se foi sem ao menos me dizer tchau.
Deixou-me apenas com as lembanças de
Um lindo amor.

5 comentários:

sueli disse...

OIiiiiiiiiiiiii! Ah eu aqui também Simône. Esta lindo seu blog. Vim te deixar uma grande abraçoe um mondebeijos.

Sérgio Teixeira disse...

Oi, Si. Muito bom seu blog. Mas que papo é esse de ficar velha esperando um amor? rsrsrs. O poema é bonito, mas precisamos por a fila pra andar, correr, rodopiar.
Abraços, te admiro de verdade!!!

Zemarcos disse...

::: Concordo com o Serginho, Simône. Este final tá muito triste!! rs rs Abração, querida!

Simône Silva disse...

Su... amiga virtual, que tenho tanto carinho... Obrigada pelo comentário.

Serginho meu colegade profissão, grande menino que tive a honra de entrevistar... Te adimiro tanto.

Meu ex.mestre, amigo e colega de profissão, obrigada pelo comentário de vcs dois, mas vejam só, hostória de amor com final Feliz somente em contos de fadas, novelas da Globo, rsrsrs, Eu escrevi uma história real.. rsrs
só que a moça ainda não chegou a tanto, porém caso ela nao acorde para vida este será seu verdadeiro FIM.

Dudinha disse...

achei poema super legal ,mas acho que o final deveria ser feliz