21 de out de 2008

Entrevista ao candidato que concorreu a cadeira de prefeito em Araçatuba-sp

Na manhã da sexta-feira, dia 03, na aula de Jornalismo online e novas tecnologias, com o professor José Marcos Taveira, tivemos a oportunidade de entrevistar um dos candidatos a prefeito de Araçatuba, o Dunga.
Sexta-feira que antecede as eleições. Um desafio é imposto: entrevistar o candidato a prefeito de Araçatuba, Antônio Edwaldo Dunga Costa (PMDB). A princípio, o contato parecia inacessível. Várias ligações foram feitas e a insistência de seis aspirantes a jornalistas vence a barreira dos assessores. Às 9h, um plantão foi montado em frente ao prédio onde ele mora. Sete minutos se passaram e o celular toca. Uma voz feminina dispara: "Sobe, temos apenas alguns minutos até outro compromisso". Euforia. Entramos. E agora, qual porta? Uma estava aberta.Quatro mulheres na cozinha, cerca de cinco homens na sala e o candidato no escritório.
Uma verdadeira concentração de "contagem de votos". Mas a entrevista, que foi mais um bate-papo, seguiu descontraída, mesmo com as pressões dos horários que precisavam ser cumpridos. A entrevista rápida e imprópria pelas circunstâncias do momento, segue abaixo com declarações e desabafos do candidato a prefeito Dunga. E no final até café e salgados foram servidos, mas o grupo preferiu recusar. Ossos do ofício.Que balanço o senhor faz da campanha eleitoral?Ela está muito restrita. Embora a democracia seja boa, estão restringindo dos candidatos o poder de se comunicar com o povo. Não pode boné, não pode camisetas, porém não tiraram a propaganda enganosa que alguns candidatos veiculam na TV. A máquina feita na televisão é mais do que compra de voto. E o Judiciário de cada cidade tem um pensamento. O que não pode em Araçatuba, pode em Birigüi e em Guararapes.
No restante, foi positiva.Qual será a sua primeira medida caso seja eleito prefeito?A primeira medida será a aquisição de uma unidade móvel para o recapeamento das nossas ruas, porque a cidade está muito feia e nosso povo sem auto-estima. Na nossa administração, será tolerância zero para ruas esburacadas. Haverá também uma parceria privada com uma usina de reciclagem para acabar com os entulhos existentes na cidade. Reengenharia no organograma da Prefeitura, tanto na parte administrativa como no Daea (Departamento de Água e Esgoto de Araçatuba). Contratação de funcionários por meio de concurso público, instalação de creches 24h e terceiro turno na UBS (Unidades Básicas de Saúde) até 22h.

Como o senhor pretende usar a internet para aproximar o contribuinte da administração e melhorar os serviços públicos?
Vamos criar a sala do empreendedor, que nada mais é do que uma sala na própria Prefeitura - a exemplo de Santa Fé do Sul e outras cidades - onde o contribuinte, o cidadão que para lá se dirigir, terá todo o atendimento feito por meio da internet. Desde a abertura de uma micro ou pequena empresa até tributos e alvará de licença. Também será feita a interligação de todas as redes municipais. O agendamento de consultas poderá ser feito pela internet, terminando, assim, com as longas filas de espera.



Alunas

Aline Simplício
Juliana Martins
Karoline Verri
Paula Senche
Simône SilvaTamyris Araújo
Sexto semestre diurno

Nenhum comentário: