20 de out de 2008

Artigo feito para aula de Técnica de Redação IV

Uni - Toledo – Jornalismo
Técnica de Redação IV
Professor: Ayne Salviano
Aluna Simône Silva código 24476 Turma 6sd
Data 06/10/08


Erros cometidos pelos eleitores e pelos candidatos...

O que é voto? É exercer o direito de cidadão perante a sociedade, pondo no poder uma pessoa que possa administrar a cidade para que ela venha crescer, tendo um representante. Para muitos é uma obrigação, para outros um meio de chegar ao poder e fingir trabalhar pelas melhorias de uma sociedade.

Antigamente o voto era de cabresto onde os eleitores tinham que obedecer aos coronéis votando em quem eles queriam, nos dias de hoje está prática ainda é praticada nas grandes empresas onde o eleitor tem que votar no candidato de preferência do patrão caso não vote ganha as contas, porém dizem que o País é democrático, mas onde está democracia se somos obrigados a votar após completarmos 18 anos, se realmente vivêssemos numa sociedade democrática não seriamos obrigado a este ato . Os eleitores vão às urnas por obrigação mesmo que votem no candidato de sua preferência, porém há eleitores que ainda não sabem como manejar a urna digital, embora existam campanhas que ensinem a votar, porém mesmo assim há pessoas que não aprenderam como funcionam as teclas da urna. Há quem não votam por estar conscientes de quem é o candidato certo, qual fará melhorias à saúde, a educação, mas votam no candidato porque ele lhe fez um favor no passado e, com o seu voto, estará quitando a ‘dívida’.
Na maioria das cidades pequenas do Brasil de norte a sul com aproximadamente 10mil a 20 mil habitantes, longe dos grandes centros o voto é bem controlado pelos cabos eleitorais e até mesmo pelos políticos de maneiras diferentes:

Pelos cabos eleitorais fazendo boca de urna mesmo sendo proibido, montam numa casa refeitórios onde é servido lanche aos eleitores, e pelos candidatos fazendo favores durante a campanha, na compra de votos no dia da votação, atos que são uma maneira de manipular o eleitorado com cestas básicas. Até com consultas médicas, passagens para deslocarem do local que estão residindo para votar e ao mesmo tempo rever seus familiares, porém isto só acontece porque há o corrupto e o corrompido Há aqueles que ficam em locais estratégicos para abordar o eleitor e oferecer dinheiro para que vote nele.

Os candidatos providenciam carros e ônibus para buscar os eleitores na zona rural, mas esta ajuda tem que ter retorno imediato, pois o eleitor mesmo sem pensar acaba votando em quem lhe ofereceu uma ajuda no momento que mais precisou, os que justificam seu voto não tem penalidade a cumprir perante a justiça eleitoral, mas os que não votar terá que pagar multa os que valor varia das condições que o eleitor possui no momento.
Depois de eleito, alguns o candidatos esquecem seus eleitorados assim voltando a procurar por ele somente na eleição seguinte para pedir mais votos. Para eles o eleitorado só tem valor na época de eleição, durante os comícios prometem melhoramento às estradas rurais, arrumar, construir pontes. Porém depois de eleito tudo cai no esquecimento para o candidato, mas para o eleitor não cai, mais com o passar dos dias até mesmo o eleitor esquece e acaba votando no mesmo político cometendo o mesmo erro pela segunda vez, gerando um ciclo vicioso onde o político ruim que é eleito por um eleitorado mal informado, sem vontade que aconteça mudança para melhoria da cidade.
Há eleitores não vêem ou fingem para não ver tantos erros cometidos no mandato passado, como é o caso de vereadores e prefeitos que chegam ao poder prometendo melhorias e ao ganhar tudo não é lembrado, nem lembra daquela pessoa que dias antes de ser eleito lhe pediu uma ajuda não a si mesma e sim para as melhorias de seu bairro onde será um beneficio para todos que ali residem.

Os eleitores que justificam seus votos e votam em branco chegam a pensar, “como não votei não tenho direito de reclamar porque o prefeito não faz uma má administração”, porém não se lembra que ao pagar os impostos para prefeitura é por ser cidadão tem direito sim de cobrar uma boa administração. E ainda pensam que está fazendo o melhor negocio de sua vida mal sabe ele que está comentando o maior erro de sua vida, pois os votos em branco significam "tanto faz" e são acrescentados ao candidato de maior votação no último turno. Ou seja, se existem dois candidatos Tubarão e Galinha, Tubarão termina com 52% dos votos, Galinha recebe 35% dos votos, 10% são votos em branco e 3% é nulos, isso significa que 3% dos eleitores não querem nem Tubarão nem Galinha no poder, mas 10% dos eleitores estão satisfeitos tanto com Tubarão como com Galinha, o que vencer está bom.
Com o pensamento fixo e convicto que venceram sempre os políticos nem perdem seu tempo tentando encontrar melhorias para a população, pois estes são fáceis de se comprar, manipulá-los. Mas eles esquecem que a nova geração de eleitorado pode e devem mudar está triste realidade...

Nenhum comentário: