7 de jan de 2012

Onde irei morar..

                        Neste ano de  2012 será um ano de renovações,
                        não os anos que passaram  foram anos sem
                        renovações, mas este tem algo especial, vou estudar..
                        Capacitação de cozinheira, pois  fui agraciada com
                        uma bolsa de estudos.
 Durante minha caminhada em cada cruva da vida
vou conquistando meus objetivos assim alcansando
 minhas metas, como é bom olhar para tráse ver o
 quanto é maravilhoso ver que cresci tanto
profissionalmente quanto emocionalmente.
Não importa quantas paradas terei que fazer para
pensar sobre a vida, as decições a serem tomadas.
Porém em cada uma destas paradas aprendo novas
formas de ver e viver a vida.
Por ser persistente que estou conquistando tudo que
desejo, claro que Deus está na frente preparando onde
irei por meus pés.
Pois sem ele não somos nada.
De todos os lugares do complexo do Grande Hotel o
que mais será Util seráa cozinha e depois o alojamento,
onde passarei meus 6 primeiros meses do ano.
Lá farei novos amigos, aprenderei novas maneiras de
preparar o alimento das pessoas e ser uma boa
profissional. 
No futuro serei aprensetadora de programa de culinária
para Surdos, este é meu sonho a ser realizado.
Sei que Deus já está preparando este momento, pois ele
sabe que por meiodeste programa poderei ajudar muitas
pessoas surdas a aprender fazer algoque venha lhes
render uma renda mensal.
Quatro geração de minha família...
     Minha Avó Herminda, 
Filha Therezinha,
Neta Simône e Bisneto Guilherme.
Em 32 ano de vida , este ano de 2011 foi o primeiro
ano que montamos uma árvore de Natal em minha
casa, imagine a alegria do meu sobrinho..
Ele ficou mega Feliz..
Olha alegria do Guilherme ao deparar com o presente
que tanto pediu ao papai noel, viajamos 18h juntos de
Cuiabá a Rondônia, ele foi me falando que Papai Noel não
existi, que é bobeira perguntei a ele o que queria ganhar,
 que fosse  leve pois Rondônia era longe e Papai Noel
Já tinha os dias cheios e não poderia carregar peso
ele me olhou com um olhar assustado e me disse quero
um carrinho de controle remoto e uma bola, mas tia é
levinho. Só que ele não existe.
Chegando em Presidente Médici-RO no nosso
destino, fui a procura do tal carrinho, levei escondido e
na noite de Natal após ele dormir cologueio em baixo
da árvore, quando ele acordou foi muito legal ele
gritando pelos avós e dizendo que Papai Noel existe sim.
Nossa ter visto o sorriso dele com os presente mas não, pensei
valeu a pena ter enfrentado o sol...

Veja a alegria dele..

Nenhum comentário: